Interpreta O De Personagem

Lição de textos Modelo de dureza rockwell

1 Se as modificações no ambiente acontecerem um tanto lentamente, e a organização é bastante pequena, para ele lá pode ser preferível uma estrutura centralizada da gestão. As vantagens da estrutura centralizada compõem-se em uso economicamente efetivo do pessoal, alto ponto da coordenação e controle de espécies especializadas da atividade e na redução da probabilidade de que as divisões começarão a crescer em detrimento da organização em geral.

As exigências são a ausência consciente algo que causa motivação à ação. As exigências primárias põem-se geneticamente, e secundário desenvolvem-se durante o conhecimento e o achado da experiência de vida.

Dentro da teoria da justiça supõe-se que as pessoas submetem para valorizar o juízo a atitude de remuneração em direção aos esforços gastos e compará-lo isto como consideram, outros funcionários recebido para o trabalho semelhante. Injusto, pelas suas estimativas, a remuneração leva à emergência da tensão psicológica. Em geral, se a pessoa considerar o trabalho subestimado, reduzirá os esforços gastos. Se considerar o trabalho superestimado, ao contrário, deixará o volume dos esforços gastos ao antigo nível ou até o aumentará.

Segundo a teoria do Maslou cinco tipos principais de exigências (fisiológico, segurança, social, êxito, auto-expressão) formam a estrutura hierárquica que como dominantes define o comportamento da pessoa. As exigências dos mais altos níveis não motivam a pessoa, as exigências do nível mais baixo não se satisfazem, pelo menos, parcialmente ainda. Contudo esta estrutura hierárquica não é absolutamente rígida e estrita.

Os gerentes que atuam sobre a cena internacional, também bem como os seus colegas que atuam em qualquer país têm de fornecer oportunidades para a satisfação de necessidades de empregados. Como em vária importância de parente de países de exigências define-se diferentemente, os líderes das organizações que funcionam ao nível internacional têm de saber estas distinções e considerá-los.

A exigência do êxito também é em algum lugar no meio entre necessidade do respeito e necessidade da auto-expressão. Esta exigência satisfaz-se não com a declaração do êxito desta pessoa que só confirma a sua posição e processo de trazer o trabalho a uma realização bem sucedida.

No desenho e organização matriz lá é uma imposição de estruturas de objetivo especialmente criadas, temporárias na estrutura constante da organização. A imposição de poderes que acontecem assim às vezes conduz para correr para poder, conformismo no momento do desenvolvimento de decisões de grupo e a despesas excessivas.

As teorias substanciais da motivação em primeiro lugar tentam definir as exigências que induzem pessoas a ação, embebendo e conteúdos do trabalho. No momento de uma colocação de bases de conceitos modernos de trabalhos de motivação de três pessoas tinha o maior valor: Abraham Maslou, Frederik Gertsberg e David Makklelland.

A exigência do poder exprime-se como desejo de influir em outras pessoas. Dentro da estrutura hierárquica de Maslou a exigência do poder vem entre necessidades de respeito e auto-expressão em algum lugar. A gestão muito muitas vezes atrai pessoas com a exigência do poder como dá muitas oportunidades de mostrá-lo e realizá-lo.

Embora, ao que parece, a teoria do ser humano queira de Maslou deu a cabeças a descrição muito útil do processo da motivação, os estudos prévios subsequentes confirmaram-no longe não completamente.

Durante o planejamento e a organização do trabalho a cabeça define aquela esta organização, quando bem como que, na sua opinião, tem de fazer especificamente tem de realizar. Se a escolha destas decisões se fizer efetivamente, a cabeça tem uma oportunidade de personificar as decisões em assuntos, pondo em prática os princípios fundamentais da motivação.

As teorias substanciais da motivação são baseadas nas exigências e os fatores relacionados que definem o comportamento de pessoas. As teorias processuais consideram a motivação em outro plano. Neles como a pessoa distribui esforços da realização de vários objetivos e como escolhe um tipo concreto do comportamento analisa-se. As teorias processuais não desafiam a existência de exigências, mas consideram que o comportamento de pessoas se define não só eles. Segundo as teorias processuais o comportamento da personalidade também é a função da sua percepção e as expectativas unidas com esta situação e consequências possíveis escolhidas como ele como comportamento.